Tamanho do texto

Equipe japonesa confirma contratação do atual líder da Moto2 para vaga do piloto australiano, que se aposenta no fim deste ano

Agência Estado

A Honda divulgou um comunicado nesta quinta-feira (11) para confirmar a renovação do contrato de Dani Pedrosa, que assinou compromisso para seguir na equipe nas duas próximas temporadas. A equipe japonesa também anunciou a contratação do também espanhol Marc Márquez para o lugar do australiano Casey Stoner, que se aposenta ao fim deste ano. Márquez, atual líder da Moto2, será companheiro de escuderia de Pedrosa, atual vice-líder da MotoGP .

Leia também: Pedrosa vence na Alemanha. Lorenzo se isola na liderança com queda de Stoner

Pedrosa festejou a renovação do seu contrato em Mugello, na Itália, onde, neste domingo, acontece a nona etapa da temporada 2012 da categoria. "Estou muito contente por poder assinar a minha renovação com a Honda para os próximos dois anos. Tem sido uma longa relação com a Honda e queria mesmo ficar aqui. A luta pelo campeonato ainda está aberta e as próximas temporadas serão muito interessantes para mim. Toda a minha carreira tem sido ligada à Honda, desde que entrei no Mundial nas 125cc, depois nas 250cc e na MotoGP desde 2006", ressaltou.

Deixe seu recado e comente esta notícia com outros leitores

Pedrosa foi duas vezes vice-campeão da MotoGP, depois de ter levado o título das 125cc em 2003 e das 250cc em 2004 e 2005. No último final de semana, na Alemanha, ele venceu a sua primeira prova nesta temporada e mostrou que é sério candidato ao título .

Já Marc Márquez, de apenas 19 anos, assinou contrato por duas temporadas com a Honda, depois de ter sido campeão das 125cc em 2010 e ficado com o vice-campeonato da Moto2 em 2011. O espanhol festejou o fato de estar realizando um sonho ao assegurar sua ida para a elite da motovelocidade mundial. "Entrar para o MotoGP na próxima temporada com a Honda é sonho tornado realidade e quero agradecer à Honda pela confiança depositada em mim. Estou muito orgulhoso por fazer parte da grande família da Honda no futuro e não posso me esquecer das pessoas que me ajudaram desde que comecei a correr de moto. Agora a minha concentração está na Moto2, onde a minha equipe e eu estamos trabalhando arduamente e motivados para atingir a nossa meta, que é vencer o Mundial", destacou.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Na Honda, Marquez terá a responsabilidade de assumir o lugar do piloto que é o atual campeão da MotoGP. Stoner anunciou oficialmente a sua aposentadoria da categoria em maio passado, em Le Mans, na França.