Treinador do time carioca elogiou a humildade do holandês em sua chegada ao Botafogo após contratação milionária

O holandês Seedorf mal chegou ao Botafogo , mas já quebra a cabeça do técnico Oswaldo de Oliveira. Satisfeito pelo rendimento da equipe no Campeonato Brasileiro , o comandante garante que ainda não pensa em como ajustar o time ao ex-jogador do Milan, ou mesmo se tentará encaixar o jogador no esquema do clube carioca. A única certeza é que haverá uma conversa antes de qualquer definição.

Você acha que Seedorf vai fazer bonito com a camisa do Botafogo?Opine

No sábado, Seedorf chegou ao estádio do Engenhão de helicóptero e foi apresentado à torcida do Botafogo com pompa, tendo se dirigido logo depois ao camarote, onde acompanhou a vitória por 3 a 0 sobre o Bahia ao lado de familiares e ídolos do passado, como Gonçalves e Jairzinho. Na saída do estádio, o meio-campista parabenizou o garoto Cidinho e Elkeson, autores dos gols.

Seedorf faz embaixadinhas com a camisa do novo clube
Futura Press
Seedorf faz embaixadinhas com a camisa do novo clube

Mas, para Oswaldo de Oliveira, o importante mesmo foi o gesto do veterano antes de a bola rolar, ao cumprimentar todos os jogadores e comissão técnica nos vestiários do Engenhão: "Estou feliz de ter o Seedorf aqui. Ele entrou no vestiário, cumprimentou todos e saiu dizendo que o importante era ganhar os três pontos. Não foi a presença dele que mudou o time, mas ele foi sóbrio e discreto o suficiente para nós sabermos que ele entendeu o que precisávamos naquele momento".

"Vou conversar com ele para saber das preferências, ajustar ao meu ponto de vista e às necessidades da equipe. É um exímio passador, tem experiência fabulosa, dentro do jogo tem leitura muito boa do que está se passando. Eu vou aguardar, porque ele vai se preparar e acho que em pouco tempo vamos ter ideia de como utiliza-lo para que ele renda bastante", prometeu Oswaldo de Oliveira, agradando ao torcedor que lotou o estádio para acompanhar a vitória e a apresentação do novo ídolo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.