Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Joel minimiza derrota do Flamengo e diz: "Esperança é grande"

Técnico não vê revés no clássico como tragédia e usa como justificativa a entrada de jovens das categorias de base e os aplausos da torcida

Gazeta |

O Flamengo sofreu a sua terceira derrota no Campeonato Brasileiro após perder por 1 a 0 para o Fluminense, no Engenhão. No entanto, o comportamento da torcida nas arquibancadas foi bem diferente daquele apresentado nas últimas rodadas. Ao invés de ser vaiado por aqueles que enfrentaram a chuva e compareceram ao estádio neste domingo, o time saiu de campo aplaudido pelos torcedores e deixou Joel Santana entusiasmado.

Veja fotos do jogo que marcou o centenário do Fla-Flu:

Após o apito final, todos os jogadores rubro-negros se reuniram no centro do gramado e saudaram os torcedores nas arquibancadas do Engenhão. Contente com a união do grupo dentro de campo, o técnico Joel Santana procurou avaliar o comportamento de sua equipe com base nos 90 minutos do clássico e viu o Flamengo fortalecido mesmo com o revés sofrido neste domingo.

Leia mais: Em clássico histórico, Fluminense bate Flamengo com gol de Fred

"Eu não sei o que aconteceu entre eles, mas é um comportamento que vem de uma identidade do que o Flamengo representa. Às vezes você vence o jogo e sai do estádio achando que faltou alguma coisa. Mas, desta vez, nós perdemos e sentimos que a equipe tem personalidade para jogar diante de um adversário como o Fluminense", avaliou o treinador.

Para ilustrar sua linha de pensamento, Joel Santana procurou utilizar o zagueiro Arthur Sanches como o ponto principal de sua análise. Contratado do Madureira após o Campeonato Carioca, o atleta substituiu o chileno Marcos González no segundo tempo e causou surpresa nas arquibancadas. Desconhecido por boa parte dos torcedores do Engenhão, o jogador conseguiu cumprir com a sua função dentro de campo e arrancou elogios de seu comandante.

"O Fluminense era favorito hoje, mas nós conseguimos equilibrar esse jogo com Marllon, Adryan e Luiz Antonio. Colocamos um zagueiro novo que trouxemos do Madureira e ele não comprometeu. Ditou o que é ser zagueiro, entrando duro nas jogadas. O resultado de hoje não agrada, mas a esperança é grande. Vamos chegar naquela zona dos quatro primeiros e nos recuperar na competição", encerrou Joel.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG