Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Falcão minimiza reencontro com Inter: "Não senti nada de diferente"

O agora comandante do Bahia minimizou um possível sentimento diferente em atuar contra o time pelo qual conquistou o Estadual, no ano passado

Gazeta |

Em 2011, Paulo Roberto Falcão largou a carreira de comentarista para aceitar a proposta para ser treinador do Internacional, clube pelo qual foi ídolo como jogador. A passagem, porém, ficou marcada pela pouca paciência da diretoria colorada, que o demitiu após 99 dias de trabalho.

Preparando-se para reencontrar a equipe gaúcha neste domingo, o agora comandante do Bahia minimizou um possível sentimento diferente em atuar contra o time pelo qual conquistou o Estadual, no ano passado.

Leia também: Kleberson chega ao Bahia e já pensa em encerrar careira em Salvador

"Será a primeira vez que enfrento como treinador, mas também teve a primeira vez contra Vitória, Juazeirense... Então, é um jogo muito difícil, evidente. Desnecessário falar da condição do Internacional, mas nós queremos ganhar o jogo. Precisamos ganhar o jogo", destacou o treinador.

Nos 19 jogos em que comandou o Inter na temporada passada, Falcão conquistou oito vitórias, empatou cinco vezes e perdeu em outras seis. Durante a conversa com a imprensa na última sexta, o comandante ressaltou que não gostaria de falar muito sobre o tema, amplamente discutido por ele desde que saiu do Colorado, em julho de 2011.

Veja ainda: Inter se prepara para reencontrar Falcão após despedida traumática

Sob o comando do Tricolor de Aço, Falcão sabe que precisa fazer a equipe reagir para não ser indagado novamente sobre um possível risco de rebaixamento. "Essa palavra não existe para mim. Nós estamos na sexta rodada do campeonato", disse o comandante do Bahia, que está na 15ª colocação, a dois pontos do Corinthians, primeiro time na zona da degola.

Para o jogo deste domingo, às 16 horas (de Brasília), no estádio Pituaçu. Nesta partida, o reforço Kleberson pode fazer sua estreia. Com a situação regularizada, o ex-flamenguista está entre os concentrados e pode ser relacionado pelo comandante.

Leia tudo sobre: BahiaFalcãoInternacionalBrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG