Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Por danos morais, Ronaldinho aciona Fla na Justiça e quer mais R$ 15 mi

Advogado diz que jogador se viu agredido pelo clube, que divulgou vídeo de 'fuga' na concentração e ameaçou com exame sobre embriaguez

Agência Estado |

Agência Estado

Vipcomm
Ronaldinho saiu brigado do Flamengo

O meia Ronaldinho Gaúcho, hoje no Atlético-MG, acionou o Flamengo na Justiça em mais uma ação. Agora, o jogador cobra, além dos R$ 40 milhões pelo não cumprimento do contrato de trabalho e pagamento dos direitos de imagem, outros R$ 15 milhões por danos morais.

Comente esta notícia e deixe seu recado para outros torcedores

Uma das acusações envolve a divulgação, pelo departamento jurídico do clube, da existência de um suposto exame de sangue que comprovaria a presença de álcool no organismo do atleta. Tal documento teve a existência negada pelo médico do clube, José Luís Runco.

O vazamento de um vídeo da concentração do time em Londrina (PR), em que Ronaldinho aparece após supostamente passar a noite fora do quarto, na companhia de uma mulher, também deve ser usado contra o clube.

Leia ainda: Runco nega existência de exame que comprove embriaguez de R10

"O Ronaldinho se viu agredido e quer reparar o dano frente aos seus amigos, familiares e o grande público, já que ele tem uma legião enorme de fãs no mundo inteiro", disse o advogado do jogador, Sérgio Queiroz. O Flamengo ainda não se pronunciou.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG