A forma com que Luis Fabiano foi expulso do jogo contra o Atlético-MG, domingo, aos 40 minutos do segundo tempo, por reclamação acintosa, não repercutiu bem na diretoria tricolor

Estadão Conteúdo

Luis Fabiano sorri ao lado de Rhodolfo na reapresentação do São Paulo
Vipcomm
Luis Fabiano sorri ao lado de Rhodolfo na reapresentação do São Paulo

A forma com que Luis Fabiano foi expulso do jogo contra o Atlético-MG, domingo, aos 40 minutos do segundo tempo, por reclamação acintosa, não repercutiu bem na diretoria do São Paulo .

Veja também: Em tarde de festa, São Paulo vence Atlético-MG

Mesmo assim, o diretor de futebol Adalberto Batista não confirmou nesta segunda-feira se o jogador será multado. "Essa situação será contornada internamente, como costumamos fazer. Conversei com o Luis Fabiano, expus alguns fatos e temos certeza de que ele reagirá bem. Nossa conversa foi amistosa, como sempre acontece entre um diretor e jogador", disse.

Leia ainda: Árbitro relata na súmula ofensas e ameaças de Luis Fabiano

No clube, porém, é dado como certo que o atacante será multado. Em melhor forma física do que quando chegou, Luis Fabiano agora tem sido desfalque recorrente por conta dos cartões. Ele estava suspenso na eliminação do São Paulo no Paulistão, perdeu o confronto diante do Santos, no Brasileirão, após levar três amarelos em três jogos, e agora também não poderá pegar a Portuguesa, sábado, no Canindé.

"É muito ruim para a gente não ter um atleta como ele. Mas se ele continuar sendo o jogador importante que é, fazendo os gols e nos orientando, ótimo", disse o volante Casemiro.

O volante, que é tratado pela diretoria como um jogador que precisa ser constantemente orientado, pede mais maturidade a Luis Fabiano, mas vê perseguição por parte da arbitragem. "Claro, se ele conseguisse melhorar nesse sentido, seria bom. Mas muitas vezes pegam no pé dele, precisam rever isso também. Só ele reclama na equipe? Acho que não."


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.