Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Camisa tóxica da Polônia deve ser banida das lojas segundo defesa do consumidor

Uniforme da seleção anfitriã da Euro e de mais seis seleções contém elementos como chumbo e níquel

Reuters |

A camisa oficial usada pela coanfitriã Polônia na Euro 2012 contém toxinas e segundo a Organização Europeia de Consumidores deveria ter sua venda proibida. Camisas de outros times que disputam o torneio também contêm substâncias nocivas segundo a entidade.

Veja as camisas das 16 seleções da Euro 2012 e vote na mais bonita

A organização, que agrupa organismos de defesa do consumidor em toda a Europa, disse que testou nove camisas de equipes que competem na Euro 2012 e constatou que todas elas continham elementos tóxicos, incluindo chumbo e níquel.

Leia também: Rússia goleia, lidera o grupo e quebra tabu que durava 24 anos

O uniforme da Polônia deveria ser banido das lojas por conter organoestânico em doses acima do limite legal, segundo a entidade. O composto, utilizado para reduzir o odor corporal, pode prejudicar o sistema nervoso.

E mais: Goleiro reserva defende pênalti e impede derrota da Polônia diante da Grécia

A Nike, produtora das camisas da Polônia, bem como da França, Holanda e Portugal, disse que suas camisas respeitavam plenamente todos os requisitos legais dos países europeus e da União Europeia.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

A organização disse ter encontrado chumbo em seis camisetas oficiais - França, Alemanha, Itália, Rússia, Espanha e Ucrânia - com níveis que excediam o permitido para produtos infantis nas camisas da Espanha e da Alemanha.

Confira ainda: Protesto de mulheres seminuas marca início da Eurocopa em Varsóvia

As camisas de Portugal e da Holanda continham níquel, que causa alergia na pele para algumas pessoas e é uma possível causa de problemas respiratórios em doses muito elevadas.

"Os fãs de futebol pagam até 90 euros (R$ 228) pela camisa de seu time favorito. O mínimo que eles devem esperar é ter uma qualidade e um produto seguro", afirmou a diretora-geral da entidade, Monique Goyens, em um comunicado esta semana.

O secretário-geral da Uefa, Gianni Infantino, disse que ficou surpreso que o relatório tenha saído pouco antes do início da Euro, que está sendo coorganizada por Polônia e Ucrânia. "Se houver algum problema com as camisas, então certamente é um problema para os fabricantes de uniformes tratarem ou para a federação de cada país", afirmou ele à Reuters.

Leia tudo sobre: euro 2012polônianikealemanhafrançaitáliarússiaucrâniaespanhafutebol mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG